Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

08/07/2024 às 10h41m - Atualizado em 08/07/2024 às 21h12m

Mãe é presa suspeita de matar filha com golpes de faca após suposto surto psicótico no interior de Alagoas

Laura, de sete anos de idade, foi socorrida mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Mãe de vítima nega o crime.

rio_largo-matou_a_propria_filha

Uma mulher foi presa, neste sábado (6), suspeita de matar a facadas a filha de sete anos de idade após um suposto surto psicótico. O crime aconteceu no município de Rio Largo, região metropolitana de Maceió, e chocou a comunidade próxima da região conhecida como "Morro".

A suspeita nega o crime. De acordo com a advogada dela, Kyvia Maciel, a mulher não sabe o que acontece. "Não sabe o que aconteceu. Estava deitada na cama e quando viu, a criança já estava ensanguentada. Ela correu, abraçou [a menina] e começou a gritar para os vizinhos ajudarem".

Na hora do crime, apenas a menina e a mãe estavam em casa, pois o pai havia saído para trabalhar. Laura foi socorrida e encaminhada para o Hospital Ib Gatto Falcão, também em Rio Largo, e chegou a ser intubada. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

Um parente da vítima informou à TV Gazeta de Alagoas que o tio recebeu ligação de vizinhos informando que ouviram uma gritaria vindo dentro da casa da menina de 7 anos. Quando ele chegou ao local, precisou arrombar que estava trancada. Ao adentrar na residência, ele viu a criança ensanguentada e a mãe dela totalmente transtornada, jogando objetos para evitar que ele se aproximasse da vítima.

Além da mãe de Laura, a Polícia Civil já ouviu tios da criança e o policial militar responsável pela equipe que atendeu ao chamado da ocorrência. A suspeita foi encaminhada para a Central de Flagrantes de Maceió, onde ficará à disposição da Justiça.

Do g1 AL

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias