Black Friday Ubannet

02/08/2019 às 18h12m - Atualizado em 02/08/2019 às 22h23m

Almir Rouche tem alta após 12 dias internado

Ele estava internado no Hospital Santa Joana desde 22 de julho, quando passou mal durante uma reunião na casa de um amigo

almir_roucheDo JC Online

O cantor Almir Rouche recebeu alta nesta sexta-feira (02) do hospital Santa Joana, no Recife, após 12 dias internado por conta de um aneurisma. Segundo a assessoria de imprensa do artista, ele está liberado para retornar às suas atividades cotidianas sem nenhum déficit ou sequelas neurológicas. 

Como é de praxe em casos com o de Almir, ele será acompanhado em consultório e deve retornar para exames após três meses - uma angiografia cerebral de controle está prevista. A assessoria do cantor também informou que, de acordo com o médico neurointervencionista Carlos Abath, que acompanhou o cantor neste período, a recuperação dele foi plena.

Na saída do hospital, Rouche conversou ao vivo com Rhaldney Santos no Edição do Meio-Dia da Rádio Jornal. Muito feliz, ele agradeceu as orações e a torcida pela sua recuperação. "Estou muito feliz em estar de volta. Quero agradecer todas as orações que foram feitas, não tive sequelas graças  Deus. Deus é muito, papai do céu estava com a gente o tempo todo e isso é a coisa mais importante do mundo. Estamos prontos para novas caminhadas e novos projetos", disse. 

Neste primeiro momento, Almir Rouche retomará apenas atividades pessoais. Após a realização e o resultado da angiografia prevista, dentro de três meses, é que ele poderá voltar aos trabalhos artísticos. Ou seja, em novembro, como já era a expectativa do seu empresário, Carlos Ferraz. Em entrevista no dia 26 de julho, ele já fazia uma previsão do retorno do cantor aos palcos. "Agora é recuperar o homem de vez, colocar ele para casa, passar o susto e voltamos em novembro com agenda normal de show. Almir não só canta no show, ele canta e dança, então queremos um prazo bom para que ele se restabeleça", afirmou Ferraz na ocasião.

Rouche tem 50 anos e, no dia 22, quando participava de um encontro de casais, na casa de um amigo, no bairro da Madalena, passou mal e desmaiou. Ele foi levado ao hospital, no dia 23 passou por um procedimento de cateterismo.

Uma dor de cabeça forte

Ainda na saída do hospital, Almir narrou o momento que resultou em seu internamento e em uma cirurgia. "Eu estava em uma reunião de casais da nossa igreja e aí, rapaz, deu um piripaque, uma 'dorzinha' de cabeça forte. Eu apaguei. Tinham médicos no local, me socorreram, me reanimaram e me levaram depressa para o hospital Santa Joana, onde eu passei esses dias", lembrou. 

"Desde o primeiro dia da cirurgia que correu tudo certinho. No segundo dia após a cirurgia eu já estava recobrando todos os meus sentidos - acho que dez horas após a cirurgia eu já estava falando igual um tagarela como falo", disse com bom humor. 

Para o artista, o socorro rápido e a presença de médicos no momento em que se sentiu mal foi fundamental para que ele esteja bem agora. "Foi imprescindível. Os amigos não demoraram muito, havia médicos. Além do Dr. Carlos Abath, que fez minha cirurgia. A gente joga bola juntos há um bom tempo, inclusive. Quero agradecer a Deus, que escreve tudo certinho", completou. 

Vida saudável

Os hábitos regrados e saudáveis de Almir Rouche contribuíram para a sua recuperação. Em coletiva de imprensa no dia 26 de julho, o médico neurointervencionista Carlos Abath, destacou que a alimentação saudável e a prática regular de exercícios foram grandes facilitadores para a boa recuperação do cantor, assim como o rápido atendimento.

“Ele ser uma pessoa jovem, com bom condicionamento físico ajudou na evolução do quadro dele. No caso de um aneurisma, um pico de pressão pode causar ressangramento, muito comum nas primeiras 48h. Em 85% desses casos, ocorre o óbito. Então foi fundamental o pronto-atendimento", disse Abath.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias