Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

21/08/2019 às 15h41m - Atualizado em 22/08/2019 às 07h11m

Vigilante é preso por estupro de filha com deficiência

Homem nega o crime

amazonas-viatura_policia_militar

Um vigilante de 53 anos foi preso por estupro de vulnerável no Amazonas. O preso é acusado de estuprar a própria filha, uma mulher de 30 anos com deficiência intelectual.

Os abusos começaram ainda em 2017, após a vítima e o irmão de 17 anos se mudarem para a casa do vigilante após a morte da mãe deles, diz a polícia. O caso chegou até a polícia através de denúncias apontando que uma mulher estaria sendo abusada pelo próprio pai em Manaus.

De acordo com a Polícia Civil, o vigilante nega o crime. "Ele nega ter cometido os abusos, mas os laudos médicos comprovaram que, de fato, aconteceu o delito”, explicou o delegado Torquato Mozer. O acusado foi indiciado por estupro de vulnerável e será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias