GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

09/02/2021 às 06h59m - Atualizado em 09/02/2021 às 08h10m

Mãe e filha de comunidade quilombola morrem por Covid-19 no mesmo dia, na Paraíba

A mãe, Edith Maria da Silva, tinha 79 anos e morreu na madrugada do domingo (7). A filha, Josefa Edith da Silva, de 52 anos, acabou morrendo horas depois.

pombal-mae_e_filha_mortas_coronavirus_covid-19

Mãe e filha da comunidade quilombola dos Rufino, morreram no domingo (7), por complicações causadas pela Covid-19, em Pombal, no Sertão da Paraíba. A mãe, Edith Maria da Silva, tinha 79 anos e morreu ainda na madrugada. A filha, Josefa Edith da Silva, de 52 anos, acabou morrendo no fim da manhã, quase sete horas depois.

Elas estavam internadas no Hospital Regional de Pombal. Josefa deu entrada na unidade hospitalar no dia 29 de janeiro. Já Edith foi atendida inicialmente no dia 30 do mês passado, teve alta e foi novamente internada no dia 3 de fevereiro. Ambas ocuparam leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e tinham quadros clínicos considerados graves.

O sobrinho de Edith, Thiago Rufino, de 29 anos, contou que todos os membros da comunidade matinham o máximo de cuidado com medidas de prevenção ao novo coronavírus. A saída para a zona urbana de Pombal só era feita em casos de urgência.

Thiago também destacou a representatividade de Edith e Josefa para a tradição quilombola. Mãe e filha eram referência na transformação do barro em arte.

"Tia Edith e Josefa eram duas mulheres de extrema importância para a cultura local. Ela [Edith] era um das matriarcas da comunidade. Era uma grande artista, artesã. Desde os seus sete anos de idade já exercia essa atividade e foi passando para filhas, filhos e netos. Josefa aprendeu com a mãe", relatou.
O sobrinho contou, ainda, que mãe e filha eram muito respeitadas e admiradas pelo jeito acolhedor com que tratavam os demais membros do quilombo.

"Ela [Edith] fazia questão de receber a todos. As refeições em família eram servidas por ela para filhos e netos todos os dias. É uma perda irreparável", lembrou.
O marido de Edith morreu há quatro meses. Ela deixa noves filhos. Além dela e de Josefa, mais dois familiares testaram positivo para a doença na comunidade.

Pombal tem 2.041 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus e 30 mortes provocadas pela Covid-19, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas neste nesta segunda-feira (8).

G1 PB

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias