GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762

17/05/2021 às 22h46m - Atualizado em 18/05/2021 às 00h46m

Novo decreto aumenta restrições em Campina Grande

Novo decreto aumenta restrições em Campina Grande

campina_grande

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), assinou, na noite dessa sexta-feira (14), o decreto nº 4.581, com medidas emergenciais para contenção do avanço da Covid-19. O documento vale de 14 a 30 de maio.

Além de manter o padrão de restrições vigentes no Município, Bruno reduziu para 80 pessoas o limite máximo de lotação em eventos, além de aumentar a fiscalização no cumprimento do decreto. 

O decreto mantém flexibilizado o funcionamento da entrega em domicílio (delivery), ou retirada no local (takeaway), mas proíbe terminantemente pistas de dança, seja em restaurante, seja em eventos. 

Restaurantes, bares, lanchonetes, lojas de conveniência, praças de alimentação e estabelecimentos similares poderão funcionar com atendimento nas suas dependências das 6h às 22h, com 50% de capacidade máxima, respeitando-se a distância mínima de dois metros entre mesas e ficando vedada, antes e depois desse horário, a comercialização de qualquer produto para consumo no próprio estabelecimento.

Segundo o decreto, fica autorizada a abertura de auditórios, teatros, e casas de recepção para os eventos formais e festivos relacionados a casamentos, aniversários, formaturas, palestras, reuniões etc., observada a capacidade máxima de 30% do espaço físico do respectivo local, podendo dar acesso a, no máximo, 80 pessoas, com distanciamento mínimo de 1,5m entre os convidados ou usuários, sempre seguindo os protocolos sanitários em vigor.

As salas de cinema e circos poderão funcionar, observada a capacidade máxima de 25% (vinte e cinco por cento) do espaço físico do local. 

A Vigilância Sanitária, o Procon Municipal, a Guarda Civil Municipal e a Defesa Civil ficam responsáveis pela fiscalização do cumprimento das normas do decreto, e o descumprimento sujeitará o estabelecimento à aplicação de multa e poderá implicar no fechamento em caso de reincidência.

De acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Campina Grande tem 27.582 casos de coronavírus confirmados, com 826 mortes.

Além do novo decreto, o Município alterou serviços de atendimento Covid na cidade ao identificar aumento na curva de contágio.

Portal Correio

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias