Black Friday Ubannet

24/05/2019 às 10h15m - Atualizado em 24/05/2019 às 14h18m

Bolsonaro diz que não vê problema em criança praticar tiro

O presidente afirmou que seus filhos começaram a atirar 'muito cedo'

jair_bolsonaro

Nesta quinta-feira (23), durante um café da manhã com jornalistas, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse não ver problemas em uma criança a partir de 8 anos praticar tiro. A informação é do Correio Braziliense. O novo decreto que flexibiliza a posse e o porte de armas no Brasil fixa em 14 anos a idade mínima para uma pessoa praticar tiro esportivo. O texto anterior não estabelecia limite de idade - desde que o menor tivesse o aval dos responsáveis legais.

“Meus filhos atiraram desde muito cedo. Não vejo nada de mal em um garoto de 8, 9, 10 anos, obviamente com uma pessoa responsável do lado, atirar. É ensinar que arma é perigosa”, afirmou o presidente, de acordo com o jornal. Bolsonaro disse ainda que“se vê criança com fuzil no Rio de Janeiro”, fazendo referência as crianças cooptadas pelo crime organizado.

Antes dos decretos assinados pelo presidente, crianças e adolescentes apenas podiam praticar tiro com uma autorização judicial.

Além deste ponto, o presidente também deixou claro que discordava de outras modificações que precisou fazer após pressão do Judiciário e do Congresso Nacional diante do texto. A alteração, segundo ele, aconteceu para não “perder” o decreto.

Fonte: Leia Já

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias