GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762

02/06/2021 às 04h42m - Atualizado em 02/06/2021 às 04h59m

Covid-19: Pernambuco registra 3.437 casos em 24h nesta terça-feira

Estado também registrou 78 óbitos e se aproxima das 16 mil mortes pelo coronavírus

uti-covid-coronavirus-hospital

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta terça-feira (1º/06), 3.437 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 215 (6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 3.222 (94%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 485.594 casos confirmados da doença, sendo 45.010 graves e 440.584 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 402.711 pacientes recuperados da doença. Destes, 25.818 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 376.893 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 78 novos óbitos (45 femininos e 33 masculinos), ocorridos entre os dias 13/02/2021 e 31/05/2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Agrestina (2), Aliança (1), Cabrobó (1), Camaragibe (1), Carpina (1), Caruaru (2), Cedro (1), Escada (1), Gameleira (1), Garanhuns (8), Granito (1), Iati (1), Ibimirim (1), Igarassu (1), Jaboatão dos Guararapes (6), João Alfredo (1), Nazaré da Mata (1), Olinda (6), Orocó (1), Paulista (1), Pedra (2), Petrolina (6), Recife (25), Santa Cruz do Capibaribe (1), Santa Filomena (1), São Caitano (1), Serra Talhada (1) e Vitória de Santo Antão (2). Com isso, o Estado totaliza 15.940 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 30 e 99 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (5), 40 a 49 (12), 50 a 59 (20), 60 a 69 (25), 70 a 79 (8), 80 ou mais (8). Do total, 49 tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (28), diabetes (13), hipertensão (12), obesidade (8), doença respiratória (4), doença renal (3), doença hepática (1), AVC (1), doença de Parkinson (1) e imunossupressão (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais seguem em investigação.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias