GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

22/07/2017 às 13h01m - Atualizado em 23/07/2017 às 00h22m

Mais de 1 tonelada de carne bovina imprópria para o consumo é apreendida em Petrolina

Mais de 1 tonelada de carne bovina imprópria para o consumo é apreendida em Petrolina

Foi apreendida nesta quinta-feira (20) uma tonelada de carne bovina e oito quilos de vísceras em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. A ação foi realizada pela Agência Municipal de Vigilância Sanitária (AMVS) em parceria com a Agência de Defesa Agropecuária (Adagro). A carne estava sendo armazenada de forma irregular em um caminhão-baú, estacionado próximo a um frigorífico da cidade, localizado na Avenida da Integração, no bairro Jardim Maravilha.

Segundo a vigilância, a carne foi abatida no Matadouro de Juazeiro, na Bahia e estava imprópria para o consumo humano. O transporte estava inadequado, pois não possuía refrigeração e as vísceras estavam sendo armazenadas em caixas de papelão. Também foi identificada ferrugem no interior do veículo e nos ganchos de ferro utilizados para expor o alimento. O condutor do veículo recebeu uma termo de notificação explicando os motivos que levaram a apreensão.

De acordo com ao diretor-presidente da vigilância sanitária, Anderson Miranda, o caminhão foi flagrado fazendo uma entrega com as portas abertas, o que chamou a atenção de fiscais da Adagro. “A denúncia foi passada para a vigilância e a carne foi apreendida, porque o caminhão estava enferrujado, tinha carne exposta no chão e o veículo estava sem refrigeração. Como a carne estava inadequada para o consumo humano foi doada”, explicou.

Toda apreensão foi doada para alimentação de animais do Centro de Conservação e Manejo da Fauna da Caatinga (Cemafauna) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e do 72 Batalhão de Infantaria Motorizado.

Outras denúncias podem ser encaminhadas através da Ouvidoria da Prefeitura de Petrolina pelo site ou pelo telefone 156.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias