GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

05/08/2020 às 18h49m - Atualizado em 06/08/2020 às 09h30m

Pernambuco atinge triste marca de mais de 100 mil casos de coronavírus

O Estado também totalizou 6.758 vidas pedidas para o vírus nesta quarta-feira (5)

hospital_medico_saude_coronavirus_

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quarta-feira (05.08), 1.488 novos casos da Covid-19. É importante mais uma vez destacar que o aumento no número de casos no informe de hoje, em comparação ao de ontem, é motivado pelo atraso, e consequente acúmulo de notificações, pelos municípios. Para se ter ideia, entre os confirmados hoje, apenas 84 (5,6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Todos os outros 1.404 (94,4%) são leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar e que já estavam curados, ou na fase final da doença. Agora, Pernambuco totaliza 100.321 casos confirmados, sendo 23.955 graves e 76.366 leves.

Além disso, o boletim registra 77.142 pacientes recuperados da doença, o que representa 76,8% do total de infectados pela Covid-19 em Pernambuco. Destes, 13.222 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 63.920 eram casos leves.

Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 183 municípios pernambucanos (tabela 2), além do arquipélago de Fernando de Noronha e da  ocorrência de pacientes e outros Estados e países.

Também foram confirmados laboratorialmente 41 óbitos (sendo 20 do sexo masculino e 21 do sexo feminino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Araripina (1), Bezerros (1), Camaragibe (1), Canhotinho (1), Carnaíba (1), Caruaru (1), Catende (1), Flores (1), Garanhuns (2), Gravatá (1), Jaboatão dos Guararapes (2), Jupi (1), Lagoa Grande (1), Olinda (7), Paulista (2), Pedra (1), Pesqueira (1), Petrolândia (1), Petrolina (1), Poção (1), Recife (6), Ribeirão (1), São Caetano (1), São José do Belmonte (1), Tabira (1), Timbaúba (1) e Tracunhaém (1). Com isso, o Estado totaliza 6.758 mortes pela doença.

As mortes registradas no boletim de hoje ocorreram entre 21 de maio e 04 de agosto. Do total de óbitos, apenas 11 (26,8%) ocorreram nos últimos três dias, sendo 5 mortes registradas no dia de ontem (terça, 04/08), 3 mortes em 03/08 e 3 em 02/08. Os outros 30 óbitos (73,2%) ocorrem entre os dias 21/05 e 1º/08. Os pacientes tinham idades entre 25 e 93 anos, além de uma criança de 5 meses. As faixas etárias são: 0 a 9 (1), 20 a 29 (1) 30 a 39 (2), 40 a 49 (2), 50 a 59 (8), 60 a 69 (10), 70 a 79 (8), 80 anos ou mais (9).

Dos 41 pacientes que vieram a óbito, 34 apresentavam comorbidades confirmadas: diabetes (17), doença cardiovascular (16), hipertensão (14), obesidade (6), doença renal (3), doença hepática (3), doença respiratória (3), AVC (3), Alzheimer (2), câncer (1), tabagismo (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais estão em investigação.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias