GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

04/10/2019 às 17h14m - Atualizado em 04/10/2019 às 17h35m

Enfermeiro armado é preso por fazer ameaças dentro de hospital em Itapissuma, PE

Segundo a Polícia Militar, ele estava com um revólver calibre 38 no momento da abordagem. Secretária de Saúde explica que ele discutiu com funcionários da cozinha.

enfermeiro_preso_por_ameaca_e_porte_ilegal_de_arma

Um enfermeiro foi preso em flagrante por estar armado e ameaçando funcionários no Hospital Municipal João Ribeiro, em Itapissuma, na Região Metropolitana do Recife, nesta sexta-feira (4). Segundo a Polícia Militar, ele estava com um revólver 38 no momento da abordagem.

A secretária de Saúde do município, Benedita Alves Pereira, explicou que o detido teve desavenças com colegas durante o plantão de 24 horas. A discussão havia começado na quinta-feira (3).

"Quando ele agrediu verbalmente alguns de nossos funcionários na cozinha, a família de uma das pessoas agredida veio aqui conversar e ele ficou temeroso. Com certeza, ele estava com essa arma no carro", relatou.

O enfermeiro estava agressivo pela manhã, segundo os relatos de outros colegas à secretária. "Todos os funcionários que se sentiram ameaçados e que viram a arma dele foram registrar o boletim de ocorrência. Umas dez pessoas foram à delegacia", disse.

A Polícia Militar foi acionada e encontrou o funcionário ainda com a arma de fogo, nesta sexta (4). Ele foi encaminhado para a Delegacia de Plantão de Paulista, no Grande Recife.

A secretária relatou, ainda, que não foi a primeira vez que o funcionário, que é concursado da prefeitura, ameaçou outros colegas de trabalho. "Temos outro B.O. [boletim de ocorrência] de uma funcionária porque ele também a ameaçou", explicou.

A secretária de Saúde informou que, inicialmente, o enfermeiro foi suspenso por uma semana. "Vamos abrir um inquérito administrativo, após o registro do boletim de ocorrência. Vamos notificar o Coren [Conselho Regional de Enfermagem] para que tome também as medidas cabíveis", declarou.

Informações: G1 PE

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias