GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

08/11/2017 às 05h10m

Suspeito de drogar, cometer abuso sexual e filmar adolescentes é preso

Cleyson Barbosa dos Santos Junior, de 29 anos, conhecido como "Coquito", foi denunciado pelas duas adolescentes

abuso

Um homem foi preso suspeito de aliciar, drogar, cometer abuso sexual e gravar vídeos pornográficos com adolescentes, em Olinda, no Grande Recife. Cleyson Barbosa dos Santos Junior, de 29 anos, conhecido como "Coquito", estava sendo investigado, após uma denúncia de duas garotas contra ele.

As jovens contaram que em novembro do ano passado, quando tinham 16 e 17 anos, elas saíram para comemorar o aniversário de uma delas em um bar localizado na beira-mar de Olinda. Elas foram barradas, por serem menores de idade, e ficaram na frente do local. Cleyson Barbosa teria chegado ao bar, dizendo ser um produtor de eventos, e colocado as garotas para dentro sem pagar entrada.

Lá, ele disse que as duas eram suas convidadas, e deu bebidas alcoólicas para elas, dizendo que era tudo cortesia dele. Depois que as garotas estavam embriagadas, ele ofereceu um pó branco para que elas cheirassem, deixando as duas sem noção do que acontecia. Em seguida, o homem as levou de carro para o apartamento de um suposto amigo chamado Saulo.

As garotas foram à delegacia, prestaram queixa e fizeram boletim de ocorrência, dando início às investigações. Segundo elas, durante o ano de investigação ficaram sendo ameaçadas pelo homem, que disse que se a queixa não fosse retirada, elas morreriam. Além disso, as meninas foram expulsas de casa, xingadas, perderam o ano na escola e chegaram a tentar suicídio, por causa da depressão causada pelo ocorrido.

As garotas contaram que ficaram sabendo de mais três vítimas do homem, além da ex-companheira dele. A prisão do suposto produtor de eventos foi expedida pela 2º vara de Olinda, e ele já havia sido preso em 2012 por furto. Do site da Rádio Jornal.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias