GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

06/04/2020 às 04h43m - Atualizado em 06/04/2020 às 04h49m

Técnica de enfermagem morre com coronavírus e outra profissional de saúde do mesmo hospital de Recife tem óbito investigado

As duas mulheres morreram no sábado (4) e trabalhavam no Hospital Getúlio Vargas. Governo investiga se a segunda morte tem relação com a Covid-19.

coronavirus-2

O governo de Pernambuco confirmou, neste domingo (5), o diagnóstico do novo coronavírus em uma técnica de enfermagem que morreu no sábado (4). Ela trabalhava no Hospital Getúlio Vargas, no Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, mesma unidade onde atuava outra profissional de saúde que faleceu com suspeita da Covid-19. As duas mortes ocorreram no mesmo dia, e a segunda segue sob investigação.

A técnica de enfermagem que morreu com o novo coronavírus tinha 55 anos. A morte dela ocorreu no Hospital dos Servidores do Estado, no bairro do Espinheiro, na Zona Norte do Recife. Ela é uma das sete novas mortes contabilizadas pelo governo neste domingo (5). Até essa data, o estado contabilizou 21 óbitos e 25 novas confirmações para o novo coronavírus, totalizando 201 casos.

A mulher tinha histórico de diabetes, doença renal crônica e pneumonia crônica. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), ela atuava na área de emergência do Hospital Getúlio Vargas e foi notificada como caso suspeito para a Covid-19 na quarta-feira (1º). O resultado do exame laboratorial saiu na sexta-feira (3), e ela morreu no dia seguinte.

Óbito em investigação

A morte de outra profissional de saúde que está em investigação é de uma mulher de 52 anos que trabalhava na enfermaria de ortopedia do Hospital Getúlio Vargas. Ela faleceu na noite do sábado (4), poucas horas após dar entrada em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A paciente era hipertensa, diabética e asmática grave.

A mulher estava de férias quando começou a apresentar sintomas semelhantes aos da Covid-19 e ficou afastada de suas funções no período posterior. Foram colhidas amostras para realizar o exame do novo coronavírus na mulher.

Resposta do governo

Por meio de nota, a Secretaria Estadual de Saúde e a direção do Hospital Getúlio Vargas lamentaram as mortes e disseram que se solidarizam "com os familiares e amigos neste momento de dor". Também afirmaram que "ambas as servidoras desempenhavam suas funções com afinco na unidade e que eram importantes para a assistência à população".

Ainda no texto, a SES declarou que "tem monitorado permanentemente o abastecimento e os estoques de equipamentos de proteção individual (EPIs) das unidades da rede estadual de saúde e deflagrado diversas ações para garantir o estoque", como compras diretas e requisições administrativas. "Essas ações já garantiram quase 1,5 milhão de unidades de diversos insumos, como máscaras e luvas, que já foram distribuídos para as unidades da rede estadual", afirmou.

Nos próximos dias, segundo a SES, devem ser entregues cerca de 5 milhões de itens que tiveram o processo de compra iniciados ou concluídos pela gestão estadual. "Além disso, na semana passada, o governo de Pernambuco ampliou a testagem para Covid-19 no estado e, na sexta-feira (3), a SES-PE publicou nota técnica orientando sobre a testagem prioritária dos profissionais de saúde", disse na nota.

Fonte: G1 PE

Leia também: O novo coronavírus pode permanecer até 3 dias em superfícies; diz cientistas 

DEIXE SEU COMENTÁRIO NO FINAL DA MATÉRIA

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias