Black Friday Ubannet

10/06/2019 às 08h38m - Atualizado em 10/06/2019 às 09h01m

Filha pede socorro nas redes sociais e pai é preso por estupro

Adolescente de 13 anos pediu ajuda a amigo pelo WhatsApp após relatar que foi estuprada várias vezes pelo próprio pai no Tocantins.

violencia-estupro_1

Um homem de 44 anos foi preso em flagrante em Nova Olinda, no Tocantins, após ser denunciado por estupro pela própria filha, de 13 anos, que pediu ajuda por meio de um aplicativo de mensagens. A vítima entrou em contato com um amigo e pediu socorro após relatar que havia sido abusada sexualmente pelo pai.

Na conversa pelo WhatsApp, ela relatou que apresentava sangramento vaginal por conta dos estupros praticados pelo pai naquela noite. “Meu pai está toda hora vindo e me estuprando. Me ajuda. Por favor”, implorou. O amigo sugeriu que ela ligasse para a polícia, mas a vítima alegou que não tinha chip. Na sequência, o amigo sugere que ela pegue uma faca e mate o pai, mas ela alegou que o homem estava armado.

A Polícia Militar foi acionada e prendeu o suspeito na casa da família. Ele estava com as roupas rasgadas e as partes íntimas à mostra. Na noite do crime, a mãe da adolescente estava internada em um hospital da cidade porque tinha dado à luz e acompanhava o recém-nascido.

A menina está sob proteção do Conselho Tutelar de Nova Olinda. Na casa da família, a polícia apreendeu uma arma calibre 32. O delegado Luiz Gonzaga, responsável pelo caso, afirmou que o revólver era usado para intimidar a filha e impedir que ela denunciasse os estupros. O suspeito foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Araguaína e vai passar por audiência de custódia.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias