GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

29/07/2014 às 12h01m

Embriagado, agricultor mata filho de um mês e 24 dias com soco

Crime aconteceu durante discussão com a esposa, em Panelas, no Agreste do Estado

Mais uma vítima da violência é registrada no interior de Pernambuco. Na cidade de Panelas, o agricultor José Eudálio da Silva chegou em casa embriagado e, após uma discussão com a esposa, tentou dar-lhe um soco, que acabou acertando o filho do casal, de apenas um mês e 24 dias. De acordo com a polícia, Maria das Graças Silva, de 24 anos, colocou a criança para dormir, após a briga, mas o recém-nascido não acordou mais. O homem foi preso em flagrante e responderá por homicídio doloso.

Segundo informações repassadas pelo agente Fábio Oliveira, a criança já chegou morta ao hospital. De acordo com ele, houve a tentativa de encobrir o crime, já que no primeiro momento surgiu uma versão de que o bebê tinha levado uma queda. "Tudo foi descoberto após o agente de plantão, no Hospital Regional do Agreste, desconfiar da história. O policial insistiu e o pai do menino confessou que tinha agredido a criança, mas ele não sabia que o bebê tinha morrido", disse.

A mãe do menino também será investigada pela polícia, já que ainda não se sabe se ela foi omissa nas informações e na prestação do socorro à criança. "No primeiro momento, ela disse que o bebê tinha caído. Não sabemos o motivo dela ter inventado essa história", explicou o agente.

O presidente do Conselho Tutelar de Panelas, Eielson Galdino, disse que as informações estão desencontradas e explicou que a mãe do menino é a responsável pelo fato. "Um comadre dela informou que ela estava bebendo e a criança sendo levada por outros meninos de menor, quando o marido chegou e passou uma rasteira nos dois. São informações truncadas. Prcebemos que o grau de responsabilidade dela é maior que o do marido, já que ela bebe todos os dias e ambos são alcóolatras ", disse.

Ela pode ser presa pela suposta omissão. O casal tem outros quatro filhos. O Conselho Tutelar vai decidir o que será feito com as crianças, mas vai entregar os meninos a parentes, uma vez que, na opinião dos conselheiros, a mesma não tem condições de cuidar dos filhos.

O homem foi preso e autuado em flagrante na Delegacia de Panelas. Ele foi transferido para o presídio de Palmares e vai responder por homicídio doloso, quando há intenção de matar. A mulher está detida na Delegacia de Panelas.


As informações são da Folha de Pernambuco

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias