GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

06/09/2018 às 02h16m - Atualizado em 06/09/2018 às 07h56m

Aliados de Armando Monteiro vão à justiça para não serem chamados de ‘turma de Temer’

À Justiça eleitoral, os oposicionistas alegaram que a mensagem é falsa.

a_turma_do_temerDo Pernambuco 247

Os deputados Bruno Araújo (PSDB) e Mendonça Filho (DEM), ex-ministros das Cidades e da Educação, respectivamente, protocolaram na Justiça Eleitoral ação para que o senador Humberto Costa (PT)  seja impedido de chamá-los de "Turma do Temer".

Araújo e Mendonça são candidatos ao Senado propagando que conseguiram verbas para o estado graças à atuação no governo de Michel Temer. À Justiça eleitoral, os dois alegaram que a mensagem é falsa. "Não houve nenhum pronunciamento oficial do Sr. Michel Temer no sentido de formar uma turma em Pernambuco" com os candidatos da fotografia, dizem.

Parecer da Procuradoria Regional Eleitoral não vê crime na associação. "Não caracteriza notícia falsa publicação que denomina aliados políticos do presidente da República como 'A Turma de Temer em Pernambuco'. Deve admitir-se linguagem informal, típica de redes sociais, com certa acridade e tom evidentemente crítico, próprios de campanha eleitoral, se a publicação não caracteriza conteúdo ofensivo nem ataque à honra dos representados, apenas exercício da liberdade de expressão", diz Wellington Cabral Saraiva, procurador regional substituto, em seu parecer.

Em pesquisa de junho, a gestão de Temer foi avaliada como ruim ou péssima por 82% dos entrevistados do instituto Datafolha. Apenas 3% se referiram à ela como ótima ou boa. Para 14%, o governo do emedebista é regular; e 1% não têm opinião sobre o tema.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias