GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

04/10/2018 às 00h19m - Atualizado em 04/10/2018 às 11h28m

Suspeitos de triplo homicídio em Gravatá são presos

O trio estava escondido em uma casa na cidade

material_apreendido_com_os_suspeitosMaterial apreendido com os suspeitos
 
Com base em informações de um sobrevivente, que se encontra em estado grave, a polícia conseguiu prender, no final da tarde de hoje, três acusados de terem cometido um triplo homicídio em Gravatá.
 
O trio estava em uma casa alugada para ser utilizada como esconderijo, que foi localizada em operação conjunta das polícias Militar e Civil. Com o endereço identificado, no Jardim Petrópolis, os policiais foram até o local e realizaram a captura dos homens, todos armados com revólveres municiados.
 
De acordo com a polícia, os acusados são: Cleber José da Silva, 26 anos, responde a dois crimes de roubo; Jackeline Alves Monteiro, vulgo “Dade”, 19 anos, responde a um homicídio praticado em Ipojuca e Jamerson Alves Monteiro, 22 anos.
 
Os três suspeitos foram levados a Delegacia da cidade para formalização do flagrante.
 
O triplo homicídio

Três jovens foram mortos e um ficou ferido na manhã desta quarta-feira (3) em um triplo homicídio no Campo da Cerâmica, em Gravatá, Agreste de Pernambuco. As vítimas foram identificadas como Igor Thiago Lima de Vasconcelos, Hugo Henrique Rezende Pereira, Carlos Eduardo Gonçalves Monteiro e Deivison Wesley Gonzaga. Os três corpos dos mortos foram recolhidos e levados para o Instituto Médico Legal de Caruaru.

O local onde o crime ocorreu, no bairro do Prado, é uma antiga fábrica de cerâmica na cidade e que atualmente é um ponto do tráfico de drogas. Na área, há pichações com frases alusivas à facções criminosas. Os jovens, de idade entre 16 e 18 anos, ouviam música quando foram surpreendidas pelos criminosos, que já chegaram atirando. O ponto onde as vítimas estavam ficou com várias manchas de sangue.

Igor Thiago Lima de Vasconcelos ficou ferido e foi levado para o Hospital Municipal Doutor Paulo da Veiga Pessoa e, depois, transferido para o Hospital da Restauração (HR), no Recife. Ele foi acompanhado do pai e está em estado grave. De acordo com o HR, Igor está no setor de trauma, com um edema no rosto. Os médicos aguardam a lesão desinchar para avaliar a possibilidade de cirurgia. O quadro dele é estável. A autoria e motivação do triplo homicídio são desconhecidas. O caso está sendo investigado pelo delegado Álvaro Graco, da Delegacia de Gravatá.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias