GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

22/10/2019 às 11h14m - Atualizado em 22/10/2019 às 11h27m

Em cinco dias, 257 toneladas de óleo são recolhidas em praias de Pernambuco

A informação foi repassadas pelo secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco, José Bertotti, na noite desta segunda-feira (21)

oleo-manchasAs informações são do JC Online
 
Em cinco dias, 257 toneladas de óleo foram recolhidas em praias de Pernambuco. A informação foi repassada pelo secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco, José Bertotti, na noite desta segunda-feira (21). Até esse domingo (21), 71 toneladas de óleo haviam sido coletadas no litoral do Estado.

"O número de toneladas de óleo aumentou, chegou a 257. Esses já são os resíduos recolhidos no Centro de Tratamento de Resíduos. Só hoje, foram 186 toneladas. De ontem para hoje, as praias atingidas, com pessoas trabalhando, foram Paiva, Itapuama, Gaibu e Pedra do Xaréu, no Cabo de Santo Agostinho, onde o volume de óleo atingiu as pedras e houve um trabalho difícil de retirada. Sirinhaém também teve", explicou o secretário.

O material recolhido está sendo levado para Centro de Tratamento de Resíduos (CTR), em Igarassu, no Grande Recife, para o descarte correto.

Localidades afetadas

Da quinta-feira (17) até esta segunda (21), o número de municípios atingidos, ao todo, chega a sete: São José da Coroa Grande, Barreiros, Tamandaré, Rio Formoso, Sirinhaém, Ipojuca e Cabo de Santo Agostinho. Até o domingo (20), foram instalados dois mil metros de barreiras de contenção, sendo 1.645 do governo do Estado e o restante da Petrobras. 

O secretário de Meio Ambiente do Estado reforçou que o banho nas praias atingidas deve ser evitado caso a pessoa encontre alguma mancha de óleo. "A gente considera que ainda pode correr o risco de chegar algum óleo. A orientação é de que quem for tomar banho, principalmente nas praias que já foram atingidas, verifique se ainda existe óleo. Se existir, é importante que a pessoa se afaste", afirmou Bertotti.

Estuários

Técnicos da CPRH monitoraram os rios Persinunga, em São José da Coroa Grande, Una, em Barreiros, Rio Formoso, em Tamandaré, Rio Massangana, no Cabo de Santo Agostinho, Rio Maracaípe, em Ipojuca, Rio Sirinhaém, em Sirinhaém, e Rio Jaboatão, em Jaboatão dos Guararapes. Segundo técnicos da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), não foi observada a chegada de novas manchas de óleo nos estuários dos rios nesta segunda-feira (21).

Voluntários

Com a chegada das manchas de óleo em várias partes do litoral pernambucano, entidades de defesa do meio ambiente, prefeituras e o Governo do Estado estão convocando voluntários para ajudar na limpeza das praias afetadas. Os órgãos recomendam que quem se dispuser ajudar deve usar Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como luvas, botas e máscaras, para evitar a contaminação com a substância. Veja onde doar materiais.

Distribuição de EPIs

Equipes da Secretaria estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e CPRH fizeram a distribuição de mais de 1.700 botas, sete mil luvas, 16 mil mascaras, 3.300 sacos plásticos e 4.500 sacos de ráfia, 640 bags e mil rolos de manta absorvente para os voluntários e equipes do Governo.

Efetivo empregado

O governo do Estado contabiliza 400 profissionais engajados na limpeza das praias. "Até o momento, temos mobilizadas 400 pessoas de todas as equipes, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, CPRH, incorporando também, secretaria de Planejamento e Administração", explicou o secretário de Meio Ambiente.

Há equipes de limpeza, supervisão, técnicos e analistas, que utilizam um helicóptero, dez embarcações e 30 viaturas trabalhando na instalação de boias de contenção nos estuários, remoção do óleo coletado para o aterro sanitário, recolhimento de manchas ainda em alto mar e nas praias, distribuição de EPIs e sobrevoos diários para localização do óleo no mar.

De acordo com o coronel Lamartine Barbosa, secretário Executivo de Defesa Civil do Estado, equipes da pasta estarão trabalhando permanentemente, a partir desta terça-feira (22), nas cidades de São José da Coroa Grande, Tamandaré, Ipojuca e Cabo de Santo Agostinho, oferecendo suporte e apoio nas ações de controle e monitoramento.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, o Estado foi notificado sobre a chegada de três navios da Marinha nesta terça-feira (22). Nessa segunda-feira (21), o presidente em exercício, o general Hamilton Mourão, após reunião no Ministério da Defesa, informou que o Exército colocará à disposição das operações de limpeza das praias do Nordeste tropas da 10ª Brigada de Infantaria Motorizada, sediada no bairro do Curado, Zona Oeste do Recife. 

"Eu quero que venha muita gente para cá, nos ajudar. O almirante Puntel disse que amanhã, independente desses que Mourão falou, terão mais 60 soldados para nos ajudar. Para nós, é muito importante", disse Bertotti.

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, estarão no Recife nesta terça-feira (22).

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias