GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

15/12/2014 às 22h12m - Atualizado em 15/12/2014 às 22h30m

Paulo Câmara anuncia os novos secretários estaduais. Saiba quem são eles

Câmara contemplou os partidos da Frente Popular e abriu espaço para parlamentares não reeleitos neste ano ao convocar deputados federais e estaduais para seu governo.

Com mais de uma hora de atraso, o governador eleito Paulo Câmara (PSB) reuniu aliados nesta segunda-feira (15) para anunciar o primeiro escalão de sua equipe. A maioria dos nomes é conhecida dos pernambucanos, pois fez parte das gestões do ex-governador Eduardo Campos (2007-2010), morto em acidente aéreo em agosto. Outros nomes também já atuaram durante a gestão de Jarbas Vasconcelos (PMDB) à frente do Executivo estadual. Paulo Câmara contemplou os partidos da Frente Popular e abriu espaço para parlamentares não reeleitos neste ano ao convocar deputados federais e estaduais para seu governo.

Durante o evento, o secretário de planejamento, Danilo Cabral, fez uma apresentação da nova estrutura de governo. Ele destacou a criação do gabinete de projetos estratégicos, coordenado por Renato Thièbaut. "É uma unidade que vai monitorar mais de perto o conjunto das ações mais estratégicas do governo", disse. Novas secretarias também foram criadas: a de Direitos Humanos, Habitação e Desenvolvimento Social, Criança e Juventude. Cabral anunciou, também, que a Secretaria de Turismo passará a incorporar as pastas de Esportes e Lazer, que antes faziam parte da Secretaria de Educação.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por sua vez, passará a incorporar questões relacionadas à distribuição de energia e ao abastecimento de água. O governador eleito também atendeu às demandas da sociedade civil organizada, mantendo a Secretaria da Mulher.

Paulo Câmara afirmou que os nomes anunciados foram baseados na discussão com a sociedade pernambucana. Destacou, também, que havia construído um programa de governo registrado em cartório, com o compromisso de dar continuidade à gestão do ex-governador Eduardo Campos. "Essa equipe foi montada com esse espírito, de superação, de defender e honrar o legado que construímos juntos", disse Câmara, acrescentando que Pernambuco tem sido um exemplo para o Nordeste nos últimos anos.

O governador eleito agradeceu aos futuros secretários e falou sobre a saúde financeira do estado, afirmando que as contas estão equilibradas. Adiantou que a gestão estadual será parceira de todos os 184 municípios do estado. Visivelmente emocionado, afirmou que o modelo de gestão implantado por Eduardo Campos está reforçado e lembrou que hoje é o dia do aniversário do ex-governador Miguel Arraes, falecido em 2005.

O socialista revelou que nesta semana inicia o processo de transição com os secretários titulares e, no próximo sábado (20), haverá reunião de trabalho com todos para definir as primeiras ações a serem realizados em 2015. Os secretários adjuntos deverão ser escolhidos pelos secretários nomeados nesta segunda-feira até 1° de janeiro.

Confira a lista abaixo:


Chefe da assessoria especial
José Cavalcanti Neto

É auditor do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco. Atuou como assessor especial do governo do estado e como assessor do Tribunal Regional Federal da 5ª Região. No governo Eduardo Campos, exerceu o cargo de secretário executivo de Pessoal e de Relações Institucionais da Secretaria de Administração, de 2007 a março de 2010, quando assumiu a titularidade da pasta exercida até dezembro. Foi presidente do Conselho de Administração da Fundação de Aposentadorias e Pensões dos Servidores do Estado e Pernambuco (Funape). Em janeiro de 2011, foi nomeado secretário-executivo de Coordenação Institucional da Secretaria da Fazenda de Pernambuco, cargo em que permaneceu até abril de 2014, quando foi nomeado novamente secretário de Administração.

Chefe de gabinete de projetos estratégicos
Renato Thièbaut

Foi chefe de gabinete de nas duas gestões de Eduardo Campos (2007-201).

Chefe de gabinete de projetos do governador
Ruy Bezerra Filho

É auditor das contas públicas do Tribunal de Contas do Estado desde 1996.

Chefe da Casa Militar
Coronel Mário Cavalcanti

Chegou ao posto de coronel da Polícia Militar de Pernambuco pelo princípio de merecimento, no natal de 1998. Foi Ajudante de Ordens do ex-governador Miguel Arraes e assessor de Eduardo Campos quando ministro da Ciência e Tecnologia em 2004 e 2005.

Procuradoria geral do estado
Antônio César Caúla Reis

É procurador do estado desde 1995, tendo atuado como Chefe Adjunto e Chefe da Procuradoria do Contencioso. Atualmente ocupa o cargo de corregedor-geral.

Secretaria da Casa Civil
Antônio Figueira

Comandou a pasta da Saúde durante a gestão Eduardo Campos. Neste ano, deixou a gestão para fazer parte da coordenação da campanha de Paulo Câmara ao governo do estado. Na pasta, foi criado um "braço" de relações institucionais, que será comandado por André Campos (PSB), deputado estadual não reeleito.

Secretaria de Planejamento
Danilo Cabral

Eleito deputado federal, ele volta ao governo do estado. Durante as gestões de Eduardo Campos atuou nas pastas de Cidades e Educação. Com a ida de Danilo para o governo, Paulo Câmara abre espaço para que o deputado federal Augusto Coutinho (SD) continue na Câmara dos Deputados, apesar de não ter sido reeleito neste ano.

Secretaria da Fazenda
Marcio Stefanni

Atual secretário de Desenvolvimento Econômico, ele também fez parte do governo Eduardo Campos. Antes da atual pasta, ele foi presidente da AD-Diper.

Secretaria da Administração
Milton Coelho

Foi secretário de Governo da segunda gestão de Eduardo Campos (2011-2010) e um dos aliados mais próximos do ex-governador.

Secretaria de Educação
Fred Amâncio

Também fez parte das gestões de Eduardo Campos e de João Lyra Neto no comando de várias pastas. Fazendário de carreira, foi secretário da Saúde, de Desenvolvimento Econômico e, atualmente, é de Planejamento e Gestão.

Secretaria da Saúde
Iran Costa

Médico e interventor do Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) desde março de 2013.

Secretaria das Cidades
André de Paula

Eleito deputado federal, ele vai comandar uma pasta responsável por algumas das principais obras do governo estadual. Com a escolha de André de Paula, ele contempla o partido aliado PSD e abre espaço que Cadoca (PCdoB), não reeleito, permaneça na Câmara dos Deputados.

Desenvolvimento Social, Criança e Juventude
Isaltino Nascimento

Ele foi secretário de Transportes na gestão de Eduardo Campos. Deixou o governo para concorrer uma vaga na Assembleia Legislativa, mas não foi eleito.

Secretaria de Agricultura
Nilton Mota

É outro que volta à gestão estadual. Foi secretário da Educação de Pernambuco, presidente da Companhia Estadual de Habitação entre 2011 e 2012. Quando Geraldo Julio foi eleito prefeito do Recife, ele deixou o governo estadual e assumiu a pasta de Infraestrutura e Serviços Urbanos da capital. Nestas eleições, conquistou uma das 49 cadeiras da Assembleia Legislativa.

Desenvolvimento Econômico
Thiago Norões

Procurador de carreira, ele foi procurador-adjunto na primeira gestão de Eduardo Campos (2007-2010). No governo seguinte, foi o titular da pasta. Deixou a gestão neste ano após desentendimentos com o governador João Lyra Neto, quando se integrou à equipe de transição.

Secretaria Micro Empresa, Qualificação e Trabalho
Evandro Avelar
Atual secretário das Cidades, Avelar deixa a pasta após quase oito meses - ele foi nomeado quando João Lyra Neto assumiu o governo, em abril. É engenheiro civil e já foi secretário de Desenvolvimento Urbano e de Projetos Especiais. Já esteve à frente também da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade Humana de Jaboatão dos Guararapes e da Empresa Metropolitana de Transporte Urbano (EMTU).

Secretaria de Meio Ambiente
Sérgio Xavier

Ele volta ao governo para a mesma pasta que ocupou durante a gestão de Eduardo Campos. A escolha dele abre espaço para o Partido Verde e para um aliado da ex-ministra Marina Silva, que foi candidata do PSB à Presidência da República.

Secretaria de Imprensa
Ennio Benning

O jornalista foi repórter e editor dos cadernos de política e economia do Diario. Já foi titular da Secretaria de Imprensa durante a gestão do ex-governador Jarbas Vasconcelos (PMDB), para quem trabalhou até este ano, quando foi cedido (a princípio, temporariamente) para a campanha de Paulo Câmara (PSB) ao governo do estado, estando à frente do núcleo de comunicação.

Secretaria de Turismo
Filipe Carreras

Formado em Ciências Contábeis, Carreras iniciou sua atuação na vida pública em 2013, quando ocupou a Secretaria de Turismo e Lazer da Prefeitura do Recife. Até então, trabalhava na indústria de entretenimento. Neste ano, candidatou-se a deputado federal, sendo o candidato mais votado na capital pernambucana e um dos mais votados em todo o estado. A cadeira de Carreras na Câmara Federal será ocupada por Fernando Monteiro (PP), sobrinho do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), José Múcio Monteiro.

Secretaria de Transportes
Sebastião Oliveira

Formado em Medicina, Sebastião Oliveira é deputado estadual, sendo integrante, inclusive, da mesa diretora da Assembleia Legislativa. Neste ano, conseguiu se eleger deputado federal, com mais de 115 mil votos. Natural de Serra Talhada, no Sertão, Oliveira é filho do ex-deputado e ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Sebastião Ignácio de Oliveira Neto. A vaga de Sebastião na Câmara Federal será ocupada por Raul Jungmann (PPS), que atualmente é vereador do Recife.

Secretaria de Defesa Social
Alessandro Carvalho

O secretário permanecerá como titular da pasta, cargo que ocupa desde 2013. Bacharel em Direito pela Universidade Federal da Bahia, é delegado de Polícia Federal desde 1999. Já atuou nos estados do Rio Grande do Norte, da Bahia e do Paraná. Ele é especialista em Gestão de Políticas de Segurança Pública pela Academia Nacional de Polícia e exerceu o cargo de secretário executivo de defesa social entre julho de 2010 e dezembro de 2013.

Controladoria-Geral do Estado
Rodrigo Amaro
É presidente da empresa Pernambuco Participações (Perpart), vinculada à Secretaria de Administração.

Secretaria de Justiça e Direitos Humanos
Pedro Eurico

É o atual secretário de Criança e Juventude do governo do estado. Faz parte do PSDB, mas trata-se de uma escolha pessoal de Paulo Câmara.

Secretaria da Mulher
Silvia Cordeiro

É a atual secretária da Mulher da Prefeitura do Recife. É médica sanitarista e feminista. É fundadora e ex-coordenadora do Centro das Mulheres do Cabo, integrou a Rede Mulher e Democracia, iniciativa de lideranças do movimento de mulheres e feminista do Nordeste. Participou também do Conselho do Desenvolvimento Econômico e Social do Governo do Estado. Há 30 anos, tem atuação destacada junto aos grupos de mulheres populares em diversas categorias.

Secretaria de Cultura
Marcelino Granja

Foi titular da secretaria de Ciência e Tecnologia durante a gestão do ex-governador Eduardo Campos (2007-2010). Deixou o governo para concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa do estado, mas não foi eleito. A escolha de Marcelino contempla o PCdoB, partido aliado do PSB durante a campanha de Paulo Câmara ao governo do estado.

Secretária da Ciência, Tecnologia e Inovação
Lúcia Melo

Foi Superintendente Adjunta do CNPq/NE; secretária de Ciência e Tecnologia de Pernambuco; presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa de Pernambuco (Facepe), secretária-executiva adjunta do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação; fundadora, diretora e presidente do Centro de Gestão e Estudo Estratégicos (CGEE). A nova secretária integrou o Conselho de Administração do ITEP, e do Centro Nacional de Energia e Materiais CNPEM/ Campinas e atualmente é membro eleita do Strategy Advisory Board do Institute for Advanced Sustainability Studies em Potsdam, Alemanha. É pesquisadora titular da Fundação Joaquim Nabuco.

Secretaria de Habitação
Marcos Baptista

É ligado ao vice-governador eleito Raul Henry (PMDB), de que coordenou a campanha eleitoral em 2008. Desde Julho de 2014 está na FGV Projetos (Fundação Getúlio Vargas), onde coordena projetos de consultoria em diversas áreas.

Líder do Governo na Assembleia Legislativa
Waldemar Borges

O governador eleito manteve o deputado à frente da liderança.


Do Diario de Pernambuco

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias