GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

24/01/2020 às 00h49m - Atualizado em 24/01/2020 às 09h02m

Médicos são afastados de UPA após denúncia de que dormiam na hora de atendimento

Mãe de jovem de 22 anos denunciou que médicos estavam dormindo e não acordaram mesmo sendo chamados. Caso aconteceu em Palmeira dos Índios, Alagoas.

upa

Médicos da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Palmeira dos Índios, no Agreste de Alagoas, foram afastados de suas funções, nesta quinta-feira (23), após uma denúncia de que eles estariam dormindo em serviço. 

A denúncia foi feita por uma mãe que precisou de atendimento para o filho, um jovem de 22 anos, com necessidades especiais.

A omissão de socorro teria acontecido na madrugada desta quinta-feira (23). Segundo o relato da mulher, mesmo com fortes e insistentes batidas na porta da sala de descanso dos médicos, eles não acordaram.

A prefeitura do município informou que as denúncias são de conhecimento da Secretaria de Saúde e da Controladoria-geral da cidade. "Vamos apurar e tomar as medidas necessárias. Não coadunamos com isso. Não é a conduta correta",  lamentou o secretário de Saúde, Márcio Henrique

O prefeito da cidade, Julio Cezar, informou, por meio da assessoria, que determinou o imediato afastamento dos profissionais até que a apuração seja concluída. "Recebemos atentamente as denúncias feitas por essa mãe ainda na madrugada. Para preservar a imparcialidade na apuração deste caso, bem como o devido direito à ampla defesa, esses profissionais serão afastados de suas funções até a conclusão da sindicância. Condenamos essa conduta que, seguramente, não é a nossa orientação" disse o prefeito.

O gestor afirmou que não há motivos ou explicação que amenizem esse tipo de conduta ou situação. "Quem está na UPA ganha para honrar seu compromisso profissional e, principalmente, atender bem a quem ali chegar. Que sirva de exemplo", advertiu Júlio Cezar.

A prefeitura não informou quantos médicos foram afastados e nem quais as especialidades que ele atendem.

Do Poortal GazetaWeb

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias