Black Friday Ubannet

23/02/2019 às 10h00m - Atualizado em 23/02/2019 às 10h07m

Presidiário é executado ao sair para registrar filha

Após levar seis tiros durante uma perseguição, ele bateu a moto em um carro, caiu e levou outros dez tiros na cabeça

morto_ia_registrar_filha

Um presidiário foi executado com 16 tiros por volta das 15h, nesta sexta-feira (22), na Ilha do Retiro, no Recife. Segundo a polícia, Jeff Berg Augusto da Silva, de 29 anos, cumpria pena no Presídio de Canhotinho, mas conseguiu uma autorização de saída para registrar a filha num cartório de Afogados. Após levar seis tiros nas costas durante uma perseguição, ele perdeu o controle da moto, bateu em um carro que estava parado na via, caiu e ainda levou outros 10 tiros na cabeça.

Jeff Berg foi preso por assaltos na modalidade “saidinha de banco”, interceptando as vítimas quando saíam de terminais bancários, e estava há oito anos preso. Ele conquistou o benefício via alvará no último dia 20. Familiares estiveram no local e disseram que ele era temido por outros criminosos, o que podia ter relação com o assassinato. No entanto, informações não oficiais deram indícios que a execução poderia ter sido feita por policiais.

O crime foi flagrado por câmeras de segurança de estabelecimentos comerciais e residenciais da Rua Astorga. As imagens mostram quando o presidiário passa na moto em alta velocidade, sofre o acidente e outros três homens armados se aproximam em um carro Gol, de cor branca e quatro portas. Eles descem com coletes e balaclavas (toucas) e desferem outros dez tiros na cabeça. Foram identificados três calibres diferentes, inclusive pistola 380 e revólver 38.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias