GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

10/05/2019 às 09h11m - Atualizado em 10/05/2019 às 09h57m

Operação prende integrantes de grupo acusado de sonegar R$ 65 milhões em tributos

A Operação Mar Aberto cumpriu nove mandados de prisão e 18 mandados de busca e apreensão nesta quinta. O grupo investigado é o Eco Marine, foram presos o dono e parentes do empresário.

draco
Do JC Online

A Polícia Civil de Pernambuco e a Secretaria da Fazenda (Sefaz) desencadearam, na manhã desta quinta-feira (9), a Operação Mar Aberto, com o objetivo de prender integrantes de um grupo empresarial que teria movimentado mais de R$ 300 milhões em cinco anos, e sonegado cerca de R$ 65 milhões em tributos. Os acusados responderão por lavagem de dinheiro, crime tributário e organização criminosa.

joselito_do_amaral

"A movimentação foi muito grande. Até o momento apreendemos 28 carros de luxo, 4 embarcações, 15 imóveis, joias e obras de arte. Esperamos que no decorrer do processo consigamos reverter isso para o Estado de Pernambuco", afirmou o delegado Jean Rockfeller.

Mandados

O grupo investigado é o Ecomariner, que, segundo o delegado Jean Rockfeller, contava com ao menos 11 empresas. Entre os presos está o empresário Antônio José Pinteiro. Seu filho, José Pinteiro Filho, mais conhecido como DJ Jopin, foi visto chegando na delegacia com agentes policiais, mas a Polícia Civil não confirmou oficialmente a prisão do DJ.

Vinculada ao Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACO), sob a presidência da delegada Priscila Von Sohsten, a operação cumpriu, no total, nove mandados de prisão e 18 mandados de busca e apreensão domiciliar nesta quinta, sendo dois em São Paulo e na Paraíba.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias