GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

20/05/2019 às 13h49m - Atualizado em 20/05/2019 às 15h14m

Mulher é presa com 3,7 quilos de cocaína líquida no Aeroporto do Recife

Essa foi a quarta prisão por transporte de cocaína líquida feita pela PF em menos de 15 dias no local. Em todos os casos, droga vinha escondida em mala.

cocaina_no_aeroporto

Uma amazonense foi flagrada ao transportar 3,7 quilos de cocaína líquida no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, na Zona Sul do Recife. Ela foi autuada por policiais federais, que faziam fiscalização de rotina. Esta é a quarta apreensão desse tipo de droga no aeroportoem menos de um mês.

Segundo a Polícia Federal, a cozinheira, de 38 anos, é natural e residente em Tabatinga, no Amazonas, e tinha antecedentes criminais por tráfico de drogas. De acordo com a PF, o destino final do entorpecente era Belo Horizonte, em Minas Gerais. A prisão ocorreu na quinta-feira (16) e só foi divulgada nesta segunda (20).

Além da droga também foram apreendidos um telefone celular e alguns documentos relativos a viagem. A amazonense disse que recebeu R$ 500 para transportar a mercadoria.

A mala de Lucy foi apreendida ao passar pelo aparelho de raio X, que acusou um fundo falso e uma substância densa escondida com características da droga. A PF detalha que a cocaína pastosa estava acondicionada em plásticos escuros e que, pela apresentação, o entorpecente é de origem colombiana, assim como os trazidos por três venezuelanos e um brasileiro, em um intervalo de 13 dias.

A suspeita passou por exame de corpo delito no Instituto de Medicina Legal (IML), foi encaminhada à audiência de custódia e, depois, conduzida à Colônia Penal Feminina, no Recife. Segundo a PF, o tráfico interestadual de entorpecentes prevê penas que variam de cinco a 15 anos de reclusão.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias