GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762

17/06/2017 às 08h32m

Detento é morto a pedradas em presídio do Complexo do Curado, no Recife

Caso aconteceu na madrugada desta sexta (16), no PJALLB. Segundo Sindicato dos Agentes Penitenciários, confusão fora do presídio teria motivado assassinato.

o_presidio_juiz_antonio_luis_lins_de_barros

Um reeducando foi morto a pedradas dentro do Presídio Juiz Antônio Luiz Lins de Barros (Pjallb), integrante do Complexo Prisional do Curado, na Zona Oeste do Recife, na madrugada desta sexta-feira (16). De acordo com a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), outros dois detentos são suspeitos de terem praticado o crime e foram encaminhados ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Este ano, segundo a Seres, já foram cinco mortes de detentos, dentro de unidades prisionais do Estado. O caso aconteceu por volta das 1h30. O Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco (Sindasp-PE) apontou que informações iniciais dão conta de que a briga teria sido motivada porque a vítima teria assassinado, ainda em liberdade, um primo dos suspeitos e estaria, de dentro do presídio, ameaçando a família dos dois detentos.

De acordo com a Seres, a gerência da unidade acionou o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para autuação em flagrante, o Instituto de Criminalística (IC) e o Instituto de Medicina Legal para providências cabíveis.

O detento que morreu não chegou a ser socorrido, porque já estava morto quando foi encontrado pelos agentes penitenciários. Ele foi identificado pela Seres como Maycon Santana da Silva.

Do G1 PE

 

 

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias