GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

19/07/2017 às 09h24m - Atualizado em 19/07/2017 às 09h26m

Com pênalti inexistente, Náutico perde para o Paysandu fora de casa

Os alvirrubros voltam a campo no próximo sábado, às 16h30, contra o Londrina, no Estádio do Café.

futebol_-nautico

A sequência sem derrotas do Náutico na Série B chegou ao fim na noite desta terça-feira (18), com um erro da arbitragem. No Mangueirão, diante do Paysandu, o Timbu perdeu por 1x0 com gol de Bergson, em pênalti inexistente marcado na etapa complementar. Os alvirrubros voltam a campo no próximo sábado, às 16h30, contra o Londrina, no Estádio do Café.

O Náutico entrou em campo com três mudanças com relação ao último jogo. Por lesão, Giovanni e Léo Carioca saíram da equipe para as entradas de Diego Miranda e Manoel. Por opção do técnico Beto Campos, Darlan substituiu Jobson. A tentativa era de manter a solidez defensiva e ter velocidade nos contra-ataques. Porém, o Paysandu comandou as ações na etapa inicial e teve pelo menos três oportunidades de abrir o placar. Na primeira, Magno cabeceou com perigo. Na sequência, em falta cobrada por Pery, ninguém completou para o gol. E, por fim, Magno arrematou cruzado e o goleiro alvirrubro fez uma grande defesa afastando perigo.

Os alvirrubros tiveram dificuldades para criar jogadas e pouco chegaram ao ataque. As tentativas aconteceram apenas em lançamentos longos para Alison, que, entre os zagueiros, não conseguiu levar a melhor nas disputas.

Na volta do intervalo, Beto Campos colocou Iago na vaga de Manoel e foi obrigado a sacar Diego Miranda, passando mal, para a entrada de Cal Rodrigues. O meia da base, em seu primeiro momento, quase abriu o placar de falta. A bola desviou e o goleiro conseguiu defender. O Timbu esteve melhor em campo durante toda a etapa complementar. Sentindo o bom momento, o treinador alvirrubro fez a última mudança: Leilson no lugar de Alison. Mas o técnico não contava com um erro da arbitragem que marcou um pênalti inexistente para o Paysandu. Bergson bateu no meio do gol e anotou o tento da vitória dos donos da casa.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias