GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

25/07/2017 às 09h54m - Atualizado em 28/07/2017 às 16h13m

Pernambuco: Programa Mãe Coruja implanta Plano de Desenvolvimento Infantil no Sertão do Araripe

Além de palestras e orientações, a capacitação inclui também oficinas temáticas e avaliações.

grvida

A interação da criança com a mãe, a família e a comunidade, por meio de brinquedos e brincadeiras, é extremamente importante para o seu pleno desenvolvimento cognitivo, motor, emocional e social, especialmente nos primeiros anos de vida. Nesse sentido, como forma de promover o desenvolvimento infantil das crianças nascidas sob a sua rede de cuidados e acompanhamento, o Programa Mãe Coruja Pernambucana implementa, nos dias 25 e 26 de julho, o Plano de Desenvolvimento Infantil (PDI), no Sertão do Araripe, região na qual o programa foi iniciado há dez anos.  

A ação, realizada em conjunto com a Secretaria Estadual de Educação, na sede da 16ª Gerência Regional de Educação (GRE) do município de Araripina, representa uma formação teórica introdutória para 60 profissionais dos 11 municípios do Sertão do Araripe, sobre o desenvolvimento infantil e seus desdobramentos, que atuarão diretamente com as famílias e crianças. Além de palestras e orientações, a capacitação inclui também oficinas temáticas e avaliações.

Além da capacitação dos profissionais, o PDI também prevê formações futuras com famílias que se encaixam dentro do perfil inicial previsto, as quais receberão uma cartilha informativa e um kit de brinquedos visando estimular na criança maior ligação entre as atividades lúdicas e o âmbito familiar, contribuindo para o seu desenvolvimento. Compõem o kit brinquedos a serem trabalhados até os seis primeiros meses de vida da criança, como chocalho, tapete Eva, mordedores, fantoches, livros de histórias, entre outros.

Serão selecionadas mães e crianças cadastradas no Programa Mãe Coruja Pernambucana, residentes nos municípios que fazem parte da 9ª Gerência Regional de Saúde (Araripina, Bodocó, Exu, Granito, Ipubi, Moreilândia, Ouricuri, Parnamirim, Santa Cruz, Santa Filomena, Trindade), com previsão de parto entre junho e dezembro deste ano.  

 “A ação reconhece o desenvolvimento infantil como eixo prioritário da atuação do Mãe Coruja, entendendo-se que a criança é um sujeito de direitos, dando-se importância ao seu contexto pessoal, emocional, social e ambiental. A primeira infância deve ser fundamentada no princípio da proteção integral, levando-se em conta os fatores biológicos, o ambiente e a forma como a criança recebe estímulos e estabelece seus laços afetivos”, explica a diretora geral de Gestão do Cuidado e Políticas Estratégicas do Mãe Coruja Pernambucana, Bebeth Andrade Lima.  

MÃE CORUJA - O Programa Mãe Coruja Pernambucana completará 10 anos de atuação em 4 de outubro de 2017, sendo um dos programas sociais brasileiros de referência na área materno-infantil, reconhecido e premiado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Organização dos Estados Americanos (OEA), como modelo de Gestão de Política Pública.

 Tem como missão oferecer apoio às mães pernambucanas, antes e depois do nascimento de seus filhos, prestando atenção integral às gestantes usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS) e aos seus bebês, garantindo a eles um desenvolvimento saudável e harmonioso durante os primeiros anos de vida. O programa representa uma parceria entre Governo de Pernambuco, prefeituras e a sociedade civil, com impacto positivo na melhoria dos indicadores sociais no estado.

Implantado em 2007, tornou-se política pública de Estado com a Lei nº 13.959, de 15 de dezembro de 2009. Hoje, o Mãe Coruja está presente em 105 municípios pernambucanos, nas 12 Regionais de Saúde do estado, com gestão municipal no Recife e Ipojuca. Ao longo de sua história, o Programa já beneficiou mais 300 mil mulheres e crianças, oferecendo acompanhamento e apoio, empoderamento pela educação e orientação familiar, capacitação em cursos de qualificação profissional e segurança alimentar, entre outras ações.

 Serviço:

 Capacitação de Profissionais do Programa Mãe Coruja Pernambucana na 9ª Geres (Sertão do Araripe)

Local: 16ª Gerência Regional de Educação (GRE). Endereço: R. Josafá, s/n BR-316 - Km 21 - Araripina - PE

Público-alvo: Profissionais e professores do Programa Mãe Coruja Pernambucana

 PROGRAMAÇÃO

  25 de julho

  • 8h – 9h: Café da manhã e credenciamento.
  • 9h: Abertura – Fala institucional: Itamara Gomes Ramos, Rita Pontes Silva, Claudia Roberta Gomes, Adriana Toledo, Ana Elizabeth Lima.
  • 9h15 – 10h45 – O desenvolvimento infantil pelo olhar do Mãe Coruja (Virgínia Holanda e Ana Elizabeth Lima).
  • 10h45- 12h30 – Princípios norteadores e aportes teóricos sobre o desenvolvimento infantil (Claudia Roberta Gomes e Adriana Toledo).
  • 12h30 – Intervalo para o almoço
  • 14h – Retomada das atividades e divisão dos grupos para as oficinas (Auditório).
  • 14h20 – 17h – Oficinas temáticas (auditório, sala 1 e sala 2) - móbiles e garrafas sensoriais; - shantala e música; - brinquedos e contação de histórias;
  • 17h – 17h30 - Culminância das oficinas (auditório

 26 de julho

  • 8h – 9h: Café da manhã.
  • 9h – 10h30: Aspectos logísticos: o papel de cada profissional dentro do PDI e em suas oficinas (Rita Pontes Silva).
  • 10h30 – 11h30: Momento avaliativo da formação.
  • 11h30 – 12h: Considerações finais e encerramento.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias