GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

27/07/2014 às 22h55m

Náutico perde em Goiás e se complica

Com 15 pontos, está em 14º lugar na classificação, bem próximo da zona de rebaixamento

O Náutico até conseguiu segurar o Atlético/GO nos primeiros 45 minutos, neste sábado à tarde, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia. Mas as falhas de marcação e a fragilidade técnica do time não poderiam resistir por tanto tempo. Na segunda etapa, o time levou dois gols, perdeu por 2x0, e permanece em situação de risco na Série B do Campeonato Brasileiro. Há duas rodadas sem marcar pontos – perdeu para o Boa Esporte no meio da semana – o time alvirrubro, com 15 pontos, está em 14º lugar na classificação, bem próximo da zona de rebaixamento para a Série C. Já o Atlético chegou aos 19 pontos, na 9ª posição.

No primeiro tempo, o Náutico procurou fechar a marcação, colocando sempre oito jogadores atrás da linha da bola. Mesmo assim, o time deixava brechas em sua defesa, principalmente pelo lado esquerdo, onde o lateral Rai não conseguia impedir os avanços de Jonas e André Luís. Desta forma, aos 4 minutos, Júnior Viçosa recebeu a bola livre, nas costas de Rai, entrou na área e chutou cruzado. Atento, o goleiro Alessandro fez boa defesa.

Com maior posse de bola, o Atlético explorava as costas dos laterais alvirrubros, buscando os cruzamentos para Júnior Viçosa. Já o Náutico esperava os erros do adversário para tentar chegar ao gol, usando a velocidade de Leleu. Mas, com nível técnico baixo e pouco conhecimento tático, o atacante invariavelmente era flagrado em impedimento.

Mesmo assim, o grande lance da etapa inicial foi criado pelo Náutico, quando Vinícius pegou um rebote na entrada da área e chutou forte, acertando o travessão do goleiro Márcio, batido. Perto do final desta etapa, o rubro-negro goiano voltou a ameaçar, em falhas de Rai. Numa delas, após um cruzamento de Jonas, Jorginho chegou um pouco atrasado para concluir de frente para o gol.

No segundo tempo, o Náutico começou tentando avançar a marcação, mas mostrou-se pouco organizado. Tanto que, aos 8 minutos, Paulinho dominou a bola próximo da sua área, não encontrou opções para tocar e acabou desarmado por André Luís. O meia do Atlético driblou Flávio e tocou para Júnior Viçosa chutar, colocando a bola longe do alcance de Alessandro: 1x0.

A desvantagem obrigou os alvirrubros a buscarem o ataque. Aos 12, Paulinho lançou Vinícius, que entrou na área, mas esbarrou numa boa defesa de Márcio. Mais agudo nas jogadas de ataque, o time anfitrião chegou ao segundo gol aos 22 minutos, quando Jonas cruzou da direita, Jorginho escorou a bola de cabeça para André Luís aparecer livre de marcação, praticamente embaixo do travessão e chutar, não dando qualquer chance de defesa ao goleiro: 2x0.

2 Atlético/GO
Márcio, Jonas, Adriano, Lino e Thiago Feltri (Vitor); Marcus Vinícius, Pedro Bambu, Luciano Sorriso e Jorginho; André Luís (Vagner) e Júnior Viçosa (Josimar). Técnico: Hélio dos Anjos.

0 Náutico
Alessandro, Rafael Cruz (Neilson), Flávio, william Alves e Rai; Elicarlos, Gilmak, Paulinho e Vinícius (Marcus Vinícius): Leleu (Marinho) e Tadeu. Técnico: Sidney Moraes.
Local: Estádio Serra Dourada.
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães. Assistentes: Dilbert Pedrosa Moisés e Wendel de Paiva Gouveia (trio do Rio de Janeiro).
Gols: Júnior Viçosa (aos 8 do 2ºT) e André Luís (aos 22 do 2ºT).
Cartões amarelos: Lino, Jorginho e Luciano Sorriso (Atlético), Rai, Tadeu, Paulinho e Neilson (Náutico).
Público: 1.743. Renda não divulgada.


Com informações da Folha de Pernanbuco

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias