GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

29/07/2017 às 08h53m - Atualizado em 29/07/2017 às 11h13m

Maranhão: PMs destroem casa de jogos clandestina

Vídeos da câmera de segurança da casa mostraram quatro PMs quebrando objetos, lançando explosivos e atirando contra o imóvel.

pm_ma

Policiais Militares do Batalhão de Choque do Maranhão foram flagrados vandalizando uma casa de jogos clandestina em São Luís (MA). Vídeos da câmera de segurança da casa mostraram quatro PMs quebrando objetos, lançando explosivos e atirando contra o imóvel.

Os quatro policiais do Batalhão de Choque da PM chegaram a casa de jogos aparentando uma abordagem normal. Revistaram e pediram documentos dos apostadores. Depois, colocaram os clientes em um canto e começaram a praticar vários atos de vandalismo.

Arremessaram cadeiras, lançaram bomba, atiram para cima e quebraram algumas câmeras de monitoramento. As máquinas foram destruídas e as paredes, de gesso, não resistiram ao vandalismo. Um escritório que funcionava dentro da casa de jogos ficou aos pedaços. Computadores, geladeira, aparelhos de ar-condicionado e diversos eletrodomésticos foram danificados. Clientes saíram assustados e deixaram bolsas e vários pertences. As marcas dos tiros ficaram nas paredes.

Com medo, os donos do lugar não quiseram gravar entrevista. Eles admitem que o lugar funcionava clandestinamente, mas questionam a forma violenta da ação policial. Ninguém da polícia militar quis gravar entrevista.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) informa que, diante das imagens, o Comando de Policiamento Especializado da Polícia Militar do Maranhão (CPM – PMMA) vai apurar as circunstâncias do fato. Informa ainda que eventuais condutas de policiais militares podem ser denunciadas na Ouvidoria da PM. Segundo a SSP, eles foram afastados e estão respondendo a inquérito. Os nomes dos policiais não foram divulgados.

Do G1 MA

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias