GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

13/09/2018 às 07h23m - Atualizado em 13/09/2018 às 07h23m

Advogada é algemada e presa durante audiência no Rio de Janeiro

Prisão aconteceu depois que uma juíza leiga (que atua em juizados especiais e audiências de conciliação) discutiu com a advogada se incluiriam ou não uma contestação no processo

rio_de_janeiro-advogada_presa

A advogada Valéria dos Santos foi detida durante uma audiência no 3º Juizado Especial Cível de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. A prisão aconteceu depois que uma juíza leiga (que atua em juizados especiais e audiências de conciliação) discutiu com a advogada se incluiriam ou não uma contestação no processo. Na confusão, após a juíza afirmar que gostaria de encerrar a audiência, Valéria responde que ainda não tinha terminado o trabalho dela e feito as contestações do caso.

“Eu tenho que ver a contestação. Não, não encerrou nada. Não encerrou nada”, diz a advogada. A juíza pede que ela se retire da sala, mas Valéria se negou a sair antes da chegada do delegado da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), responsável por atuar em casos de suspeita de desrespeito ao trabalho dos advogados. Como o impasse continuou, a juíza resolveu chamar a polícia.

Após mais discussão, Valéria foi algemada e chegou a ser levada para a delegacia de Duque de Caxias. Ela só foi libertada quando o delegado da OAB mandou retirar as algemas. A Ordem declarou que vai pedir o afastamento da juíza e dos dois policiais que aparecem nas imagens. A pedido da OAB, o juiz titular do Fórum de Duque de Caxias, Luiz Alfredo Carvalho Júnior, tornou sem efeito a audiência, que foi remarcada para o dia 18 de setembro e será presidida desta vez por um juiz togado.

Nas redes sociais, várias famosas publicaram mensagens em defesa de Valéria. Leandra Leal, Iza, Giovanna Ewbank, Fernanda Paes Leme, Gloria Pires, Camila Pitanga, Letícia Spiller e Nathalia Dill foram algumas que manifestaram seu apoio a advogada.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias