GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

01/10/2018 às 18h41m - Atualizado em 11/11/2018 às 07h39m

Timbaúba: Ex-presidiário é morto durante troca de tiros com o efetivo da ROCAM no Alto do Cruzeiro

Durante a operação três suspeitos foram presos e apreendidas arma de fogo, dois simulacros de arma de fogo, 32 trouxas de maconha, 55 pedras de crack e dois rádios comunicadores

alto_do_cruzeiro-sinistro 

De acordo com informações da Polícia Militar, um ex-presidiário foi morto a tiros durante troca de tiros com o efetivo da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (ROCAM), neste sábado (29), no Alto do Cruzeiro, em Timbaúba, na Mata Norte de Pernambuco.

A PM disse recebeu informações através de denúncia anônima que estava acontecendo a comercialização de drogas com vários jovens possivelmente armados. O trio da ROCAM formado por CB PM Saraiva, SD PM Freire e SD PM Alves, quando se aproximou do local indicado foi recebido a tiros por um dos envolvidos. Os policiais militares revidaram os disparos e atingiram Marcílio Pedro da Silva Filho, de 20 anos, conhecido também como "Sinistro". O jovem de 20 anos, que tem passagem pela polícia, ainda foi socorrido para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Timbaúba, mas não resistiu aos ferimento e morreu. A ROCAM apreendeu com ele uma pistola calibre 7.65 e várias munições calibre 32.

Ainda de acordo com a PM, três jovens, sendo dois ex-presidiários, que estavam com Marcílio no momento da troca de tiros com a PM, foram presos e levados para delegacia local. Dentro do imóvel, os policiais encontraram dois simulacros de arma de fogo, 32 trouxas de maconha embaladas e prontas para consumo, 55 pedras de crack, dois rádios comunicadores e R$ 54,00 em espécie.

Todo o material apreendido e os suspeitos foram levados para Delegacia de Plantão, em Goiana. Os três envolvidos foram presos em flagrante e autuados por formação de quadrilha, porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e tentativa de homicídio. 

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias