GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

03/11/2019 às 14h38m - Atualizado em 04/11/2019 às 11h28m

Bala perdida atinge mulher em ação policial após acidente de trânsito envolvendo militares

Polícia abriu inquérito para apurar de onde partiu o tiro que atingiu Katiane de Lima, em Jaboatão, no Grande Recife. Segundo PM, colisão envolveu soldado e militar da FAB.

troca_de_tiro_em_acao_policial

Uma mulher foi atingida por uma bala perdida, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, em meio a uma ação policial. Segundo a Polícia Militar, o fato aconteceu durante uma perseguição que começou após um acidente envolvendo dois carros, que pertenciam a um soldado da corporação e a um militar da Força Aérea Brasileira (FAB).

A Polícia Civil informou que está investigando as circunstâncias do fato e que abriu um inquérito para saber de onde partiu a bala que atingiu Katiane Estevam de Lima, de 25 anos.

Segundo a corporação, ela levou no tiro quando estava passando de carro na Rua Nova Divineia, na área da Praça Nossa Senhora do Carmo, em Cajueiro Seco.

O veículo de Katiane foi atingido pelo carro que estava fugindo durante a perseguição policial, segundo a Polícia Civil. A PM disse que a mulher seguiu para o Hospital da Restauração (HR), na área central do Recife. A corporação informou também que o estado de saúde da jovem é estável.

Segundo a PM, tudo começou quando o militar da FAB bateu no veículo do soldado da PM. A Polícia Civil identificou o responsável pelo acidente como Wesley Gabriel da Costa de, 19 anos. O nome do outro envolvido não foi divulgado.

Ainda segundo a PM, o integrante da FAB deixou o local da batida contra o carro do soldado e fugiu. Por meio de nota, a corporação informou também que o policial, que estava de folga, pediu apoio ao batalhão e deu início a uma perseguição

Em Nova Divineia, de acordo com a PM, ocorreu a interceptação do veículo que estava em fuga. Nesse local, disse a polícia, os PMs mandaram o militar da FAB parar o carro, mas a determinação não foi atendida.

Por isso, informou a PM, integrantes da equipe do batalhão efetuaram disparos de arma de fogo para forçar a parada do automóvel.

A corporação informou que a perseguição só terminou quando o veículo do militar da FAB bateu em duas motos que estavam paradas na rua.

Foi nesse momento, segundo a Polícia Civil, que o carro de Katiane foi atingido pelo automóvel em fuga e que ela levou o tiro.

A PM disse também que os envolvidos foram conduzidos ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), na capital, para prestar esclarecimentos.

Eles estavam sob a supervisão de um oficial de operações do 6° Batalhão, do centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciods) e Delegacia de Polícia Judiciária Militar.

Informações: G1PE

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias