GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

08/11/2017 às 05h53m - Atualizado em 08/11/2017 às 05h55m

Juninho é indiciado por violência doméstica contra ex-namorada

O atacante do time leonino havia sido detido no dia 9 de outubro, mas, após pagar fiança de R$ 10 mil, passou a responder em liberdade.

atacante_juninho

O jogador do Sport Juninho, de 18 anos, foi indiciado, na manhã desta terça-feira (7) por ameaça, vias de fatos e injúria por violência doméstica contra a ex-namorada dele. O atacante do time leonino havia sido detido no dia 9 de outubro, mas, após pagar fiança de R$ 10 mil, passou a responder em liberdade.

De acordo com o advogado de Juninho, Ernesto Nogueira, "o que está acontecendo hoje é que a delegada está encaminhando o caso para a Justiça. Vamos aguardar para oferecermos a nossa defesa. Parte do que a moça disse são invencionices dela", informou.

Conforme a Polícia Civil, a delegada Tereza Nogueira, da Delegacia da Mulher, remeteu o inquérito para o Ministério Público. Juninho foi autuado por vias de fatos por violência doméstica/familiar, injúria por violência doméstica/familiar e ameaça por violência doméstica/familiar.

Ainda segundo o advogado, Juninho, que não foi afastado dos jogos, já está ciente sobre o indiciamento. "Ele está preocupado, não acreditava que chegaria a esse ponto. Vamos provar que ela (a vítima) faltou com a verdade em alguns pontos. Não existiu a história de utilização de arma, como ela disse que ele apontou uma faca contra ela, e em nenhum momento ele a manteve em cárcere privado", pontuou Ernesto Nogueira.

Detenção

Na época em que foi detido para prestar depoimento, segundo explicou a delegada, Juninho foi autuado em flagrante por injuria, ameaça e agressão. O jogador havia alegado inocência e disse que não proferiu injúrias nem ameaçou a vítima, garantindo que tudo não passou de "alguns problemas conjugais". Após o pagamento de fiança no valor de R$ 10 mil, o atleta foi liberado, passando a responder em liberdade.

A vítima, de 20 anos, que não quis ter o nome revelado, registrou dois boletins de ocorrência contra o ex-namorado. Segundo ela, após uma festa o jogador a agrediu com um tapa no rosto e a ameaçou com uma faca. "Ele disse que tinha que me matar porque ou eu ficava morta ou acabaria com a carreira dele", comentou a jovem. Juninho deverá ser intimado pelo Poder Judiciário em até 60 dias.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias