GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

27/11/2015 às 13h19m - Atualizado em 27/11/2015 às 13h49m

Enterrado corpo de jovem encontrado morto após excursão em Itamaracá

A família culpa os gestores da Escola Estadual Olinto Victor pela morte do adolescente


Foi enterrado no Cemitério da Várzea, na tarde desta quinta-feira (26), o corpo do estudante encontrado morto após um passeio escolar em Itamaracá, no Litoral Norte de Pernambuco. A família de Alex Sandro Bezerra da Silva, 18 anos, culpou os gestores da Escola Estadual de Referência em Ensino Médio Olinto Victor.

De acordo com eles, a escola foi negligente e não tinha estrutura para cuidar dos alunos. A mãe do estudante, Sandra Elena, disse que a escola não procurou a família para informar do desaparecimento. “Não falaram o que aconteceu, ficamos sabendo por volta das 17h30 através do meu filho mais novo, que ficou sabendo por uns colegas.", lamentou.

O tio acredita que o jovem foi vítima de uma brincadeira de estudante. "Eu creio que foi uma brincadeira. Ele não sabia nadar e tinha medo de água", contou Dogivaldo Carneiro da Silva.

O estudante foi encontrado morto na noite da quarta-feira (25), próximo ao Forte Orange, após ter desaparecido a tarde durante um passeio à ilha promovido pela escola onde estudava. O corpo de Alex Sandro foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) para ser investigado a causa morte.

Através de nota, a Secretaria de Educação lamentou a morte e disse que foram tomadas todas as providencias na busca pelo estudante, assim que ele desapareceu. A Secretaria informou ainda que está sendo prestada assistência à família e aos outros estudantes que estavam na excursão e que vai apurar junto aos funcionários da escola o que teria acontecido.


Da TV Jornal

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias