GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

27/01/2020 às 20h43m - Atualizado em 27/01/2020 às 20h48m

Jovem é morta e suspeito comparece ao velório antes de confessar o crime

De acordo com a mãe da vítima, Maria Inês da Silva, de 56 anos, o rapaz, de 25 anos, era considerado calmo e visitava a igreja com o irmão de Layane na adolescência.

parana-assassino_vai_ao_velorio_sepultamento

O suspeito de matar a jovem Layane Aparecida da Silva, de 19 anos, foi ao enterro da menina antes de confessar o crime. Layane foi encontrada morta em uma área de mata em São José dos Pinhais, no Paraná. As informações são do Portal Uol.

De acordo com a mãe da vítima, Maria Inês da Silva, de 56 anos, o rapaz, de 25 anos, era considerado calmo e visitava a igreja com o irmão de Layane na adolescência. Em entrevista ao Uol, a Maria disse que a “audácia” do rapaz a surpreendeu.

Layane estava desaparecida desde o último dia 18, quando saiu com amigos para uma tabacaria. De acordo com a Polícia Militar, a jovem foi encontrada em uma área próxima ao Aeroporto Afonso Pena. O corpo estava sem vestimentas na parte inferior e com marcas de queimadura.

Segundo a mãe da vítima, os familiares de Layane chegaram ao suspeito após ver que ele havia sido a última pessoa com quem a jovem conversou por meio das redes sociais. O rapaz, que é vizinho da menina, confessou o crime.

Na delegacia, o suspeito afirmou que agiu em legítima defesa, porque teria sido agredido por Layane. Ele ainda afirmou que não praticou abuso sexual contra a garota, argumentando que as roupas saíram enquanto arrastava o corpo. O caso está sendo investigado.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias