GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

10/03/2017 às 07h07m

Ex-prefeito de Sertânia teria pago show de Paula Fernandes com dinheiro da Fundação Nacional de Saúde

A denuncia foi feita na Câmara de Sertânia pelo vereador Edmundo Alves (PSB). o show da cantora sertaneja aconteceu durante a “ExpoSertânia 2015”.

Com base em farta documentação, o vereador Edmundo Alves (PSB) denunciou na Câmara de Sertânia na noite desta quarta-feira (8) que o ex-prefeito Guga Lins (PSDB) teria pago um show da cantora Paula Fernandes com recursos recebidos da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) que eram destinados à área de saúde.

Segundo o vereador, por falta de prestação de contas e o uso indevido dos recursos, a Funasa (Fundação Nacional de Saúde) está cobrando do atual prefeito Ângelo Ferreira (PSB) a devolução de R$ 327.426,76 (trezentos e vinte e sete mil, quatrocentos e vinte e seis reais e setenta e seis centavos) do programa de melhoramento habitacional para prevenção da Doença de Chagas.

O programa previa a substituição de casas de taipa por casas de alvenaria, cuja data para prestação de contas se encerrou em 30/04/2015.

“O ex-prefeito Guga Lins, no ápice de sua irresponsabilidade, além de não usar esses recursos para os fins a que se destinavam, criminosamente fez várias transferências desse dinheiro, uma delas para pagar um show da cantora Paula Fernandes durante a “ExpoSertânia 2015”.

O cheque, segundo o vereador, no valor de R$ 160.370,66 (cento e sessenta mil, trezentos e setenta reais e sessenta e seis centavos), datado de 30 de dezembro de 2016, devolvendo parte do dinheiro desviado, “só foi depositado pelo ex-prefeito na conta da prefeitura em 02/01/2017”.

“Esse foi mais um cheque que Guga Lins emitiu quando não era mais prefeito, usando parte do dinheiro da repatriação para tentar esconder seus crimes fiscais e administrativos, mesmo sabendo que em dinheiro de convênio não se mexe e que o dinheiro da repatriação deveria ter sido usado para pagar a folha de pagamento dos servidores municipais do mês de dezembro 2016. É uma questão de tempo para o ex-prefeito ter que se explicar nas instâncias judiciais e de controle”, disse o vereador.

As informações são do blog do Inaldo Sampaio

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias