GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

12/09/2020 às 11h55m - Atualizado em 12/09/2020 às 12h05m

Armado com faca, homem mantém a própria mãe refém dentro de casa por duas horas e é preso em flagrante na Zona da Mata Norte de Pernambuco

Caso ocorreu em Buenos Aires. Segundo as Polícia Militar e Civil, o autor do crime vai responder por cárcere privado e violência familiar.

homem_faz_a_me_refem

Um homem, de 50 anos, foi preso em flagrante depois de manter a própria mãe refém, dentro de casa, por cerca de duas horas. O caso ocorreu em Buenos Aires, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, distante 80 quilômetros do Recife.

Segundo a Polícia Militar, o autor do crime estava com uma faca. O homem, que não teve o nome divulgado, vai responder por carecer privado e violência familiar, segundo a Polícia Civil.

O caso, de acordo com a PM, aconteceu por volta das 18h de quinta-feira (10), na Rua Manoel Gerônimo de Farias, na periferia da cidade. O fato foi divulgado nesta sexta (11), por meio de notas divulgadas pela PM e pela Polícia Civil.

A PM informou que os policiais do 2º Batalhão foram acionados para uma ocorrência de cárcere privado. Ao chegar ao local, foi necessário montar uma operação para resgatar a idosa.

Uma foto enviada para o WhatsApp da TV Gobo mostra a ação da PM. A equipe usou uma escada para subir no telhado da casa, onde a idosa estava sendo feita refém.

Diante da resistência do autor do crime, a polícia disse que teve que adotar medidas mais drásticas.“ Após muitas negociações foi necessário o uso de gás lacrimogêneo para imobilizar o suspeito”, disse a nota da Polícia Militar.

Com a prisão do homem, a idosa foi resgata sem nenhuma lesão, segundo a PM. O homem teve um ferimento na orelha. Por isso, seguiu para uma unidade de saúde no município.

Em, seguida, a PM encaminhou o autor do crime para a Delegacia de Nazaré da Mata, na mesma região do estado. Um inquérito foi aberto pela Polícia Civil para apurar as circunstâncias do crime.

G1 PE

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias