GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

14/11/2018 às 17h26m - Atualizado em 15/11/2018 às 08h42m

Idoso é preso no Recife por usar adesivo falso de fiscalização do INSS em carro particular

Homem de 68 anos é ex-funcionário do INSS e alegou ter adesivado o próprio carro para ter acesso a estacionamentos exclusivos de veículos oficiais.

policia-federal_adesivo-ilegal

Um homem de 68 anos foi preso em flagrante pela Polícia Federal (PF) por usar, em seu carro particular, um adesivo falso com o brasão da República, indicando fiscalização federal do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O aposentado, ex-funcionário do INSS, foi preso em casa, no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. As informações só foram divulgadas nesta quarta-feira (14).

De acordo com a PF, a prisão ocorreu depois de investigações a respeito do uso indevido do adesivo. Depois de ser detido, na segunda-feira (12), o homem foi levado à sede da Polícia Federal, no Bairro do Recife, no Centro da cidade.

Em depoimento, o homem alegou ter trabalhado no INSS entre 1982 e 2017. O preso também afirmou ter o adesivo em seu carro desde 2013, com os dizeres “Fiscalização Federal – Estados Unidos do Brasil – A serviço do INSS”. O veículo teria sido adesivado numa gráfica particular em Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

Após ser autuado, o homem fez exames no Instituto de Medicina Legal (IML), passou por uma audiência de custódia e, segundo a PF, responde ao processo em liberdade. Ele deve comparecer à Justiça Federal todas as vezes em que receber intimação.

Ainda de acordo com a PF, as investigações do caso continuam para avaliar se o aposentado se utilizava da função de servidor público do INSS para extorquir pessoas utilizando o nome da instituição. Denúncias ligadas ao caso podem ser feitas na sede da PF, no Cais do Apolo, 321, no Bairro do Recife.

Do G1 PE

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias