GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

16/04/2015 às 12h42m - Atualizado em 16/04/2015 às 12h46m

Reajuste de 26% nos salários dos deputados de Pernambuco passa em 1ª votação

Projeto tem 2ª votação nesta quarta e, depois, segue para redação final. Subsídio deve passar dos atuais R$ 20.042,35 para R$ 25.045,00.

Sessão extraordinária na Alepe também aprovou a reforma administrativa no Poder Executivo (Foto: Luna Markman/G1)

Os deputados estaduais pernambucanos aprovaram por unanimidade, em primeira votação, nesta terça-feira (13), reajuste de 26% nos próprios salários. O projeto irá para a segunda votação nesta quarta (14) e depois seguirá para redação final. O subsídio deve passar dos atuais R$ 20.042,35 para R$ 25.045,00. A sessão extraordinária, uma pausa no recesso convocada na última segunda (12), também aprovou a reforma administrativa no Poder Executivo, que gerou uma discussão na plenária entre os líderes da situação e oposição em relação à economia gerada com a redução de cargos comissionados, fruto das modificações nas secretarias estaduais.

A proposta do reajuste salarial, de autoria da mesa diretora da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), foi aprovada nas comissões de Justiça, Finanças e Administração na manhã desta terça. À tarde, passou na Plenária em primeira discussão por votação unânime. Na quarta (14), segue para segunda discussão, em sessão a partir das 14h30, e, na quinta (15), deve ser encaminhada para a redação final, que já não altera nada do que foi acordado pelos parlamentares.

O aumento ocorre porque, no final do ano passado, a Câmara Federal elevou os subsídios dos deputados federais, totalizando em R$ 33,7 mil. Como a Constituição Federal estabelece que os deputados estaduais podem ganhar até 75% do que é pago pela Câmara, há sempre um reajuste na Alepe em cada início de legislatura, que começa desta vez em 1° de fevereiro. O aumento vai gerar um impacto nos cofres públicos de R$ 250 mil ao mês e R$ 3 milhões ao ano.


Com informações do G1PE

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias