GB Bateiras Auto Elétrica e Mecânica. Em Timbaúba (81)3631-0979 e Carpina (81)3621-3762
Vem para ubafibra | Ubannet (81) 3631-5600

20/07/2021 às 21h46m - Atualizado em 20/07/2021 às 23h30m

Caixa Econômica anuncia concurso público e abertura de 10 mil vagas de emprego

Segundo previsões do banco, edital para novo concurso deve sair até o mês de setembro

agencia_caixa_economica-timbauba

Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou a contratação de 10 mil funcionários, dentre empregados e terceirizados, para o corpo de colaboradores da estatal. De acordo com o banco, serão 4 mil vagas efetivas, 5,2 mil para estágio e jovens aprendizes e 800 para recepcionistas e vigilantes. O anúncio foi feito nessa segunda-feira (19).

Das 4 mil vagas para empregados, 3 mil serão destinadas à convocação de aprovados no concurso que ainda está em vigor. Para tanto, porém, é necessária a aprovação pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest) do Governo Federal. Além disso, haverá 1 mil vagas para pessoas com deficiência aprovadas em um novo certame, cuja publicação do edital deve ocorrer até setembro deste ano, segundo previsões do banco público.

A contratação de jovens aprendizes para atuação na Caixa ocorrerá por meio de parceria com entidades sem fins lucrativos, selecionadas por meio de chamada pública e conveniadas para essa finalidade, conforme a Lei de Aprendizagem, segundo a instituição. Já os estagiários serão selecionados a partir da lista de aprovados em processo de seleção realizado pelo Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE).

“Caso seja identificada a necessidade de abertura de mais vagas, novas seleções poderão ser feitas pelo CIEE futuramente”, ressaltou a estatal.

Terceirizados

Para o serviço de vigilância e recepção em suas unidades, serão contratadas empresas especializadas. Para a contratação dos profissionais, as empresas devem observar as normas legais relacionadas às atividades de vigilância e recepção, assim como as exigências contratuais.

“A Caixa ressalta que a alocação de serviço de vigilância e recepcionistas ocorrerá em todo o território nacional, variando de acordo com a demanda das unidades”, finaliza a Caixa, em nota.

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias