Black Friday Ubannet

16/08/2014 às 00h14m

Jornalistas são assaltados próximo à casa de Eduardo Campos

Sete repórteres foram abordados por dois assaltantes, que levaram três celulares e dois carregadores portáteis

Um grupo de jornalistas foi assaltado na tarde desta sexta-feira (15), quando voltavam do almoço, próximo à casa da família do ex-governador Eduardo Campos, em Dois Irmãos, Zona Norte do Recife. Os sete jornalistas foram abordados por dois jovens que estavam em um carro. Os repórteres estão no local para cobrir junto à família a morte de Eduardo, em um acidente aéreo, em Santos, litoral de São Paulo, na quarta-feira (13).

O grupo era composto por profissionais do Recife, Rio Grande do Sul, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Eles trabalham para a Folha de São Paulo, Diario de Pernambuco, CBN Brasília, Rádio Guaíba (Rio Grande do Sul), G1 e Globo News.

Os repórteres tinham almoçado em um restaurante que fica a 4 minutos a pé da casa do ex-governador. De acordo com uma das pessoas assaltada, o motorista do veículo apontou uma arma para o grupo. Ele aparentava ter 20 anos.

Os assaltantes levaram três celulares e dois carregadores portáteis de celular. Outro telefone foi rejeitado por ser antigo. Um dos jornalistas, de maneira instintiva, correu quando foi abordado. Ele tropeçou, se machucou e derrubou o celular, que teve a tela quebrada. Os bandidos ameaçaram atirar, após o repórter correr.

Ainda segundo uma das jornalistas, a ação foi muito rápida, durando menos de 1 minuto. Eles acionaram a polícia para fazer o Boletim de Ocorrência. O policiamento foi reforçado nas proximidades de onde os jornalistas foram assaltados.


Do JC Online
Foto: Franco Benites/JC

Comentários

Comentário pelo Facebok
Outros comentário

Outras notícias